Loading... (0%)

Dicas importantes para você que sonha em morar e trabalhar no Canadá

08 maio 2017
Morar no Canadá  

Uma das grandes preocupações de quem muda de país é como vai se sustentar. A grande maioria das pessoas sonha, não só em conseguir um trabalho, como um emprego. Mas, para conseguir um emprego, é preciso ter uma preparação, um estudo ou experiências prévias e normalmente é algo que se procura para ter a longo prazo.

 

No Canadá, arrumar um trabalho pode até ser fácil. Mesmo pessoas com nível de idioma mais básico ou intermediário conseguem uma vaga que ajude a pagar as contas. Host e garçom em restaurantes, entregadores, trabalhador de chão de fábrica ou no depósito, vendedor de loja, telemarketing, nenhum desses são exemplos de sub-emprego. Pelo contrário. O canadense valoriza qualquer tipo de trabalho! E na grande maioria dos casos, o salário mínimo é suficiente para ter uma boa qualidade de vida.

 

É importante saber que quando se planeja morar fora do seu país de origem, nem tudo são flores mas, desde que você se disponha a tirar alguns espinhos pela frente, pode ter um jardim bem florido. Por isso, confira algumas dicas preciosas relatadas por profissionais e especialistas em Recursos Humanos que podem te ajudar (bastante) no seu plano de morar e trabalhar no Canadá.

 

Sites de emprego – Se você está indo morar em Québec, o site do Emploi Québec será muito útil. Com informações sobre praticamente tudo sobre emprego na Belle Province, é preciso ter paciência com tanta informação para não acabar ficando um pouco perdido. Vale especialmente visitar o site do IMT (Informations sur le marché du travail). Nele, você encontrará informações detalhadas sobre cada área. Desde o que se deve estudar e onde para exercer essa profissão até qual o nível de demanda por profissionais. O equivalente na esfera nacional é o Jobs Bank Canadá.

 

Agências de “placement” – São agências que recrutam funcionários para outras empresas. O candidato torna-se funcionário da agência, alocado no cliente. A vantagem é que normalmente há muitos trabalhos de entrada que podem se tornar empregos e, mesmo com o fim do contrato, a agência pode realocar o funcionário em outro cliente, o que faz com que a possibilidade de estar sempre empregado aumente. Para as empresas, contar com uma agência é sinônimo de economia de gastos com contratação. Algumas das principais agências são: Adecco, Thomsom Tremblay ( área industrial), Garda (mais para área de segurança). E esse site ,onde você pode procurar uma agência de placement específica por cada área.

 

Organismos de ajuda e suporte ao imigrante -. É possível conseguir estágios e mentorados através deles, e muitas pessoas recomendam como uma excelente maneira de entrar no mercado. Alguns que podem te ajudar são: L’Hirondelle : Service d’accueil et d’aide aux immigrants (serviços oferecidos em francês) e YES Montréal : Youth employment service (serviços oferecidos em inglês).

 

Linkedin – A rede social de busca de empregos e negócios que não é muito valorizada pelo mercado brasileiro, é uma das mais eficientes no Canadá. 10 em cada 10 recrutadores e especialistas em Recursos Humanos reforçam a importância de ter um perfil atualizado em francês e inglês. Muitos headhunters e recrutadores fazem contato através do Linkedin.